Casa Cor SP 2016

Estará acontecendo até dia 10 de julho de 2016 a CASA COR, reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e neste ano de 2016 a CASA COR completa 30 anos de celebração à casa, convidando, nesta edição comemorativa, arquitetos, designers e paisagistas a pensarem a casa como espaço de celebração da vida.

Em um dos espaços mais charmosos e icônicos de São Paulo, o Jockey Clube, a mostra traz uma grande novidade, a utilização do prédio do Ambulatório do Jockey.

 Ambulatorio02

Construído no início do século 20 pelo arquiteto francês Henri Paul Pierre Sajous, o prédio foi restaurado para uso da CASA COR e, a partir de 2017, será entregue para uso do Jockey Club, reafirmando o compromisso com a valorização do patrimônio histórico – uma das missões da mostra.

Ambulatorio01

Confira alguns dos ambientes expostos:

Pavilhão da Recepção
Arquiteto: Otto Felix  
AMB_OttoFelix
O ambiente de 75 m² abre a principal mostra de decoração da América Latina apresentando a arquitetura desconstruída como parte essencial da decoração e do conceito do espaço. Ou seja, a estrutura da casa desenvolvida pelo arquiteto campineiro integra o visual do espaço de forma natural e bela. Pelo lado de fora, as formas desiguais da construção cobertas por placas de titânio, que podem variar em tons de cinza de acordo com a luz do dia, chamam a atenção pela ousadia e irreverência. Dividido em três ambientes, os visitantes poderão conferir um espaço equilibrado. É lá também que os profissionais de imprensa poderão trocar figurinhas, realizar entrevistas ou mesmo descansar um pouco em uma das peças assinadas que ambientarão o lugar. Logo na entrada, os visitantes compram seus bilhetes e têm a opção de guardar os pertences para curtir a mostra com mais tranquilidade.

 Terraço
Arquitetas: Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli
AMB_AndreaTeixeiraeFernandaNegrelli
Natural e elegante, o ambiente de 36 m² com ares de gazebo de inverno teve como inspiração o charme e o aconchego que a natureza traz em suas diversas estações do ano. Do uso de cores neutras aliadas ao dourado fosco, da vidraçaria que envolve todo o ambiente à marcenaria, o espaço é acolhedor e convidativo. Uma deliciosa lareira centralizada garante a harmonia perfeita nos dias mais frios. Com grande incidência de luz natural, o paisagismo contrasta com a modernidade e os tons sóbrios do ambiente, que conta com plantas nativas e uma linda estante flutuante. 

Sala Íntima
Arquiteto: Alexandre Dal Fabbro  AMB_AlexandreDalFabro
Com uma sala que traduz o verdadeiro sentido de conforto e funcionalidade, Alexandre Dal Fabbro iniciou seu primeiro projeto na CASA COR, a Sala Íntima, um espaço de 21 m² inspirado no Rio de Janeiro e composto por uma decoração leve e neutra, que vai do areia ao cinza. Conceitual, Alexandre escolheu para o projeto uma peça multifuncional que pode atuar tanto como aparador, biblioteca e lareira quanto como um apoio ou bancada para computador. Entretanto, o real protagonista do ambiente é o grande e despojado sofá Montenapoleone, idealizado para aqueles momentos de lazer com os amigos ou mesmo para um dia de preguiça. Sobre a arquitetura, embora o projeto começasse com o desafio de produzir um ambiente em meio a quatro vigas, Alexandre optou por não negar esse elemento estrutural, e o incorporou ao projeto, produzindo um jogo de volumes aliado ao pé-direito alto na maior parte do espaço.

Casa Braile
Arquiteto: Leo Romano  AMB_LeoRomano
Autêntica e autoral, a Casa Braile, de Leo Romano, é uma celebração aos sentidos. O destaque são os painéis de alumínio microperfurados que envelopam teto e paredes, com o dizer “Lembre-se de esquecer”, colocando o visitante no universo do braile. Compõem o ambiente texturas diversas e muitas gradações da cor rosa, tanto na decoração quanto nos móveis – muitos deles pertencentes à nova coleção desenhada por Romano e batizada de Bailarina. Como recurso cênico, a superfície é retroiluminada e a paleta de cores definida por gradações de rosa passeia por móveis, tapetes, objetos, paredes e teto. 

Estúdio Jabuticaba
Arquiteto: Nildo José
AMB_NildoJose
O protagonista desse loft de 43 m² é um banco multifuncional de concreto que percorre todo o perímetro do espaço. Ao entrar, serve como chapelaria, depois, como aparador, prateleira, banco da mesa de jantar e apoio de lenha da lareira. A paleta de cor varia entre o cinza, o rosé, o preto e o nude da madeira canadense, que vai do piso sem rodapés até a metade da parede, dando a sensação de continuidade e amplitude. O nome escolhido para o ambiente é em homenagem a um exemplar da jabuticabeira suspensa por cabos de aço e envolvida pela técnica japonesa chamada kokedama.

Cozinha Essencial
Arquiteta: Marilia Pellegrini  
AMB_MariliaPellegrini
Esse espaço teve inspiração na cozinha dinamarquesa. O uso de madeira, superfícies brancas, muita luz natural (nesse caso simulada atrávés de um backlight) e um desenho minimalista, unidos ao conceito da “cozinha de conversação”, traduzido da palavra “cozinha” para os povos escandinavos, resultou num espaço versátil, funcional e sem muitos elementos, contendo o estritamente necessário para o uso de uma cozinha e uma lavanderia na casa nos tempos atuais. O uso do bambu (madeira com alto potencial de reflorestamento) como protagonista nos revestimentos de piso e nos armários, agregado ao emprego de lâmpadas de led, equipamentos de baixo consumo de energia e até uma pequena horta, reforça o conceito de sustentabilidade, hoje condição primordial em qualquer projeto de arquitetura e interiores.

Vagão de Trem
Arquiteto: Léo Shehtman  
AMB_LeoShehtman
Utilizando um vagão de trem da antiga Estrada de Ferro Sorocabana, o arquiteto Léo Shehtman projetou um lounge minimalista e funcional. A intenção é que o vagão seja visto como um módulo, permitindo que a construção tenha tempo e custos reduzidos em relação às construções tradicionais, além de contribuir com o meio ambiente, utilizando materiais reciclados que fazem parte do conceito do projeto: recuperar os componentes industriais e explorar soluções construtivas inovadoras. A escolha pelo glamour do estilo ganha peso com o ano de fabricação do veículo (1945) e harmoniza

SERVIÇO CASA COR SÃO PAULO 2016
17 de maio a 10 de julho de 2016.
Terça à quinta das 12h às 21h.
Sexta, sábado e feriados das 12h às 21h30.
Domingo das 12h às 20h.
Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 775 – Cidade Jardim – SP

Elena Galceron Regalos lança Catálogo de Vendas

A empresária Elena Galeron comemorou em grande estilo o primeiro aniversário da Elena Galceron Regalos. O No Estilo cobriu esse luxuoso coquetel que aconteceu no dia 21 de outubro de 2015 em uma casa de eventos em São José dos Campos-SP que contou com a presença de autoridades, empresários, imprensa e membros da sociedade.

Além de comemorar o 1º aniversário da empresa, o evento foi também para anunciar o lançamento do seu Catálogo Produtos para venda em todo o Brasil, o sucesso de sua loja virtual e anunciar também a inauguração de uma nova loja na cidade de Taubaté.

Confira o vídeo:

Pelo visto a empresa está de “vento em popa”…  Muito sucesso Elena, você merece!

Conheça a loja virtual Elena Galceron Regalos
www.lojaelenagalceron.com.br

Sua casa, sua alma

Dicas de decoração para transformar sua casa em uma extensão de você mesmo com muito estilo.

A decoração de sua casa reflete a sua personalidade, desde a cor das paredes até objetos, móveis, suas distribuições têm tudo a ver com a pessoa que você é e seu estilo de vida. Na maioria das vezes já fazemos isso intuitivamente, segundo o analista James Hillman (1926) “Existe relação entre nossos hábitos e nossas habitações, entre o interior de nossas vidas e o dos lugares onde vivemos”.

Então porque não assumir de vez e transformar sua casa numa extensão de você com muita personalidade e estilo?

suacasa 00 destaque

Para fazer isso comece com uma pesquisa básica mergulhando fundo em tudo q te inspira, música, filmes, moda, estilos de época etc. Separe o que encontrar, recortes, arquivos de internet e comece a selecionar as coisas que tenham maior significado para você, maior relação com sua história de vida.

Com todo esse material comece um brainstorm de palavras que resumam seu estilo de vida. Por exemplo: clássico, romântico, frenético, rústico, rock n roll etc. Aí tente chegar a uma definição de seu estilo como “moderno e frenético” ou “romântico anos 50”.

Se você tem um estilo frenético significa que sua decoração deve ser mais funcional, pois na correria não para perder muito tempo procurando roupa por exemplo ou buscando mantimentos em outro ambiente porque optou por uma cozinha tão minimalista que não há armários.

suacasa 04

Com seu estilo definido e as imagens que representam sua vida imagine o tipo de decoração que se enquadre melhor, as cores texturas e comece a buscar objetos que remetam a isso. Quadros, posters, livros, objetos de época como vitrolas ou um moderno player digital, uma tv ultra moderna ou uma vintage. Tecidos e suas estampas para almofadas, estofados ou cortinas fazem toda a diferença. Busque elementos que se harmonizem entre si e nunca perca a ligação com a definição inicial de seu estilo.

Veja alguns exemplos de harmonização entre objetos e os outros elementos dentro de um estilo definido:

5 dicas de decoração para usar cores em ambientes

Iniciando uma bela parceria com a revista Casa Vale, trouxemos uma matéria muito interessante que saiu na última edição da revista. Confira!

Por Revista Casa Vale / BG Comunicação

Todo espaço pode ser renovado apenas com um toque de cor. Porém, é preciso ter bom senso para não deixar o ambiente cansativo e com muita informação.

Revista Casa Vale 67

Pensando nisso, listamos abaixo cinco dicas de decoração para você colorir a sua casa ou escritório sem exagerar na hora de modernizar o ambiente.

1- Cada cor com seu significado
Acredite ou não, cada cor passa uma sensação específica. De acordo com o Feng Shui, o efeito das cores é simbólico, terapêutico e repleto de energias e sensações. Por isso, vale a pena pesquisar antes de incluir uma cor no ambiente e também contatar um profissional que consiga avaliar melhor o que ficaria bom ou não no projeto.

2- Toque de modernidade
O uso de cores em um ambiente tende a deixar o espaço moderno e mais agradável. Alguns tons passam uma sensação de bem estar e paz, como é o caso do azul, que traz a sensação de tranquilidade e é recomendado para um ambiente de trabalho, por exemplo.

3- Misturando cores neutras com cores vivas
Um segredo para incluir cores em um ambiente, de forma moderna, é mesclar tons neutros como preto e branco com cores vivas, como vermelho, laranja e amarelo. Essa mistura é bem-vinda, apresentando um toque contemporâneo ao espaço.

4- Combinando tons: é preciso ter harmonia
Como mencionado acima, é válido misturar cores neutras com cores vivas. No entanto, elas precisam conversar entre si e devem ser incluídas no ambiente de forma que o resultado não fique cansativo e exagerado. Use o bom senso na hora da escolha.

5- Inclua cores nos detalhes
Hoje em dia, não é necessário pintar uma parede para modernizar o ambiente. Pelo contrário; a tendência é colocar as cores em objetos e detalhes da decoração. Você pode dar mais vida a um espaço incluindo uma cor mais forte em tapetes e quadros.

Revista Casa Vale 67 capa

www.revistacasavale.com.br