A influência dos artistas na moda

É fato que os artistas – celebridades – são fortíssimos formadores de opinião, seja por suas atitudes, seus costumes, discursos e o modo de se vestir. Percebemos que principalmente os cantores têm forte influência na moda das ruas.

Dentro do chamado novo sertanejo, que continua sendo o estilo de música predominante no Brasil, há uma classe de profissionais que acaba por ditar as tendências que irão dominar, são os consultores de imagem. Alguns desses profissionais têm feito um mix de marcas vindas desde a Europa e EUA até confecções menores de São Paulo.

A consultora de imagem Maris Tavares começou nessa área quando a Talismã Music, do amigo e cantor sertanejo Leonardo, a convidou para criar o visual de Cristiano Araújo. Maris já trabalhou com Lucas Lucco, o “mais vaidoso” da nova leva e cuida do guarda-roupa da paranaense Naiara Azevedo que começou com três shorts e quatro camisetas” e hoje tem dois closets cheios de peças das estilistas Gloria Coelho e Helo Rocha.

Lucas Lucco e Mateus Verdelho posando com as peças da Pargan

A bota de bico fino deu lugar ao coturno, o cinto de maxifivela ao simplificado e o chapéu country foi trocado pelo do tipo fedora. Tatuagens, tênis e jeans estonados compõem o visual dos mais jovens.

Li Camargo, um dos “stylists” mais requisitados do país, é mentor do visual moderninho de Luan Santana, da fase “rock and roll” de Lucas Lucco e das sobreposições de Henrique, da dupla Henrique & Juliano.

Camargo afirma que um dos desafios do seu trabalho é conciliar as trocas de figurino com as agendas lotadas dos sertanejos que nunca repetem roupa. “Uma calça ou outra até vai, mas camiseta e camisa nunca aparecem duas vezes. O Pablo, cantor baiano de arrocha, só repete os paletós sob medida da Dolce & Gabbana.”

Camila Motoryn, que forma com Gabriela Grinman uma das duplas de figurinistas de maior sucesso do meio artístico cita as etiquetas Bio Two e Pargan como nomes orgulhosos do público conquistado.

Em menor proporção, na região do Vale do Paraíba – São Paulo, artistas como o DJ Kävik, os cantores sertanejos João Guedes, Pedro Henrique, a dupla Leo Shmidt e Daniel entre outros músicos até de outros estilos, vêm difundindo as tendências moderníssimas da Pargan sob as dicas preciosas dos consultores de moda Chris Albieri (Calvin Klein) e Tatiana Jenicer (Tatiana Je).

No Vale do Paraíba-SP: João Guedes, DJ Kävik, Charlie Sanches, Pedro Henrique, Gustavo Freitas e a dupla Leo Shmidt e Daniel também usando Pargan.

Dolce & Gabbana, os jeans da Diesel e as camisetas Armani Exchange foram citados pelos profissionais como sonhos de consumo dos artistas. Os mais abastados também têm queda por Gucci.

Do Brasil, a Ricardo Almeida é das poucas grifes do segmento “premium” a entender o potencial sertanejo. A Ricardo Almeida, conta Camila, cortou 30 metros de tecido europeu para o cantor Daniel vestir no programa “The Voice Brasil” da Globo. Michel Teló adota o mesmo processo de customização do corte sob medida.

No Vale do Paraíba a marca Pargan pode ser encontrada na Tatiana Je@tatianaje.moda, a Diesel na Casa01 – Colinas Shopping e a Ricardo Almeida na ConceptEX – Centervale Shopping.

Fonte: Matéria da Folha Ilustrada por Pedro Diniz e depoimentos dos Consultores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *